• Youtube
  • Twitter
Acesso Restrito
Novo Acesso
  • Previsão do tempo

 História

História Cooperativa Batavo
  • A história da Frísia Cooperativa Agroindustrial começa em 1911 quando as primeiras famílias holandesas se estabeleceram na região dos Campos Gerais, motivadas por um plano de colonização estabelecido pela Brazil Railway Company (empresa inglesa especializada na construção de linhas férreas), que vendia terrenos aos colonizadores, com um prazo de dez anos para pagar. O contrato de trabalho incluía uma casa de morada, dois bois, um arado, seis vacas leiteiras, sementes e adubo. Coube a esses pioneiros, em 1925, uma das primeiras iniciativas de criar uma cooperativa de produção no Brasil, com sete sócios e uma produção leiteira de 700 litros/dia, produzindo manteiga e queijo que eram comercializados em Ponta Grossa, Castro, Curitiba e São Paulo. Isso só foi possível graças à união das quatro fabriquetas existentes, originando a Sociedade Cooperativa Hollandeza de Lacticínios.      

    História Cooperativa Batavo

    Três anos depois, a sociedade deu origem à marca Batavo. A partir de 1943, com a chegada de novos imigrantes, o quadro social da cooperativa se expande, iniciando o processo de introdução da cultura mecanizada e aprimoramento genético na atividade pecuária, com a vinda dos primeiros gados puros da raça holandesa. Importados diretamente da Holanda, este plantel bovino tornou a região referência em produtividade com qualidade.

    Em 1954, surgiu a Cooperativa Central de Laticínios do Paraná Ltda (CCLPL) e a marca Batavo foi incorporada à CCLPL para industrialização de produtos para o varejo.
  • Desde então, a Cooperativa focou-se na produção agropecuária, buscando atender ao seu quadro social na comercialização, aquisição de insumos e assistência técnica. 
  • Em 1997, a CCLPL transformou-se na Batávia S.A e em 2007 foi totalmente incorporada à Perdigão S.A, atualmente do grupo BRF, que comercializava a marca Batavo para produtos lácteos e carnes. Já em 2015, a marca Batavo foi comprada pelo grupo Lactalis.
  • No ano de 2011, a cooperativa retornou à industrialização, com a produção dos seus cooperados. Foi inaugurada a construção da Central de Processamento de Leite Frísia e, em 2014, a consolidação de projetos de intercooperação na área de trigo e suínos com as marcas Herança Holandesa e Alegra, respectivamente.

  • Em agosto de 2015, a Batavo Cooperativa Agroindustrial decide mudar sua denominação social para Frísia Cooperativa Agroindustrial, desvinculando-se do antigo nome Batavo em virtude de sua venda para o mercado varejista. Sua história e sua essência permanecem a mesma, bem como estruturas, colaboradores e família de associados. Um importante passo para seu crescimento, trabalhando com marcas independentes para linhas de produtos.

  • Frísia remete a uma província ao note da Holanda, fazendo menção a famílias de imigrantes que chegaram à região na década de 40, trazendo consigo novas técnicas e o gado puro de origem, que tanto contribuíram para tornar a bacia leiteira dos Campos Gerais como a mais expressiva do Brasil.

  • Desde a sua fundação, descendentes europeus e brasileiros fazem da Frísia um modelo de cooperativismo no país.

  • História Cooperativa Batavo
  • Toda esta rica história pode ser vivenciada no Parque Histórico de Carambeí. Considerado um dos maiores museus a céu aberto do Brasil, o PHC foi criado em 2011 com recursos da Lei Rouanet e investimentos da Frísia Cooperativa Agroindustrial para sua implementação. Para difundir a história da imigração holandesa e outras importantes etnias que desenvolveram os Campos Gerais do Paraná, o PHC presta tributo ao homem do campo e representa a região como berço do cooperativismo paranaense através da preservação de um rico acervo mantido e disponibilizado para apreciação de visitantes. A religião, a educação e a cultura europeia trazida pelos descendentes e adaptada são características observadas nas diversas obras que compõem o projeto.      

  • Museu
  •     
Frísia
Telefones Úteis
  • Frísia Cooperativa Agroindustrial - Matriz
    42. 3231-9000
  • Moinho de Trigo
    42. 3700-2900
  • Unidade de Beneficiamento de Leite - Ponta Grossa
    42. 3228-5400
  • Ponta Grossa
    42. 3219-7050