• Youtube
  • Twitter
Acesso Restrito
Novo Acesso
  • Weather Forecast

 Agribusiness News

  • Venda de trator no acumulado do ano até setembro cai 11,5%, diz Anfavea

    10/8/2019

    São Paulo, 8 - As vendas internas de tratores de rodas, usados na produção agrícola, estão 11,5% menores no acumulado do ano, de janeiro a setembro, na comparação com igual intervalo do ano passado. No total, 25.496 veículos do tipo foram vendidos no Brasil no período. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em setembro, as vendas internas de tratores recuaram 8,4% frente a setembro de 2018, para 3.716 unidades, apesar de terem sido 11,4% superiores às de agosto.

    A queda mais acentuada das vendas de tratores no mês passado foi verificada entre os de menor potência, com motores de até 80 cavalos. Com 1.507 unidades vendidas, o recuo chegou a 21,9% ante igual mês de 2018, ainda que se observe avanço de 15,7% em relação a agosto. No acumulado do ano, as vendas de tratores da categoria estão 17,8% menores, com 10.631 unidades.

    Negócios envolvendo tratores de 81 CV a 130 CV também estão inferiores aos do ano passado. De janeiro a setembro, o total negociado chega a 7.417 unidades, 18,9% inferior ao computado em igual período de 2018. Já em setembro, foram 1.242 unidades comercializadas, 7,7% a mais que em setembro do ano passado e 16,2% acima da quantidade registrada em agosto.

    As vendas de tratores com mais de 130 CV ficaram praticamente estáveis em setembro na comparação anual, com queda de 0,8%, para 967 unidades, mas no acumulado do ano superam em 10,4% as do ano passado, com 7.448 unidades. Em relação a agosto, verifica-se variação positiva de 0,3%.

    Colheitadeiras

    Diferentemente do verificado com a demanda por tratores, as vendas internas de colheitadeiras estão mais aquecidas até o acumulado do ano na comparação anual. Até agora, 3.656 unidades foram vendidas, 5,7% a mais que em igual intervalo do ano passado. Em setembro, contudo, as vendas registraram recuo de 25,6% ante igual mês do ano passado, para 399 unidades. Em relação a agosto, a queda é de 5,5%.

    O maior incremento de vendas no acumulado do ano é verificado entre as máquinas de até 265 CV. Conforme a Anfavea, o aumento da quantidade comercializada de janeiro a setembro foi 10,5% maior na comparação anual, com 1.489 unidades. Em relação ao mesmo mês do ano passado, no entanto, observa-se queda de 39,2%, com 110 unidades vendidas; na comparação com agosto o recuo foi de 39,6%.

    Entre as colheitadeiras de 266 CV a 410 CV, houve queda de 15,8% das vendas em setembro, para 187 unidades, mas no ano verifica-se aumento de 5,4%, com 1.534 máquinas. Ante agosto, o avanço foi de 9,4%. No caso das colheitadeiras com mais de 410 CV, o crescimento das vendas internas atingiu 47,8% na comparação com o mês anterior, com 102 unidades, mas recuo de 23,3% frente a setembro de 2018 e de 3,4% no acumulado do ano, considerando 633 unidades vendidas.

    As vendas de colhedoras de cana-de-açúcar também estão em alta no acumulado do ano, 6,2% superiores às do ano passado neste período, com um total de 499 unidades. Em setembro, 70 máquinas foram vendidas, 79,5% a mais que em igual mês de 2018, e 105,9% acima do registrado em agosto.

Frísia
Useful Numbers
  • Frísia Cooperativa Agroindustrial - Matriz
    42. 3231-9000
  • Moinho de Trigo
    42. 3700-2900
  • Unidade de Beneficiamento de Leite - Ponta Grossa
    42. 3228-5400
  • Ponta Grossa
    42. 3219-7050